O stress do dono afeta o seu cão?

A revista Nature – International Journal of Science divulgou um estudo que revela, pela primeira vez, uma sincronização interespecífica nos níveis de stress a longo prazo. Ou seja, elevados níveis de stress nos donos, afetam os seus cães!

Investigadores na Suécia compararam os níveis de hormonas de stress entre 58 cães e os seus donos. Foi analisada a concentração de cortisol (HCC) em duas situações, nos meses anteriores ao verão e no inverno.

O cortisol, conhecido como a hormona do stress, é essencial nos mecanismos de resposta ao stress. Por isso a sua medição permite aferir facilmente o nível de stress nos humanos e nos animais.

Participaram 33 Shetland Sheepdog e 25 Border Collies, de ambos os sexos. Foram incluídos cães de companhia e cães de competição (Agility e Obediência) para representar diferentes estilos de vida.

Os traços de personalidade dos cães e dos seus donos foram determinados através de questionários. O nível de atividade dos cães foi continuamente monitorizado por uma coleira que registou a atividade de cada cão durante uma semana.

Os resultados demonstraram haver uma correlação interespécie significativa entre o HCC humano medido no inverno e no verão, e a concentração de HCC nos cães.

Curiosamente, o nível de atividade do cão não afeta a HCC, nem o número de sessões de treino semanais, demonstrando que a concentração de HCC não está relacionada com a atividade física. Mas existe um efeito sazonal na concentração de HCC.

No entanto, embora a personalidade do cão tenha pouco efeito no seu HCC, os traços de personalidade do dono afetaram significativamente os níveis de HCC. O que sugere que os cães, espelham os níveis de stress dos seus donos.

 

EnglishFrenchPortugueseSpanish