Oliveira do Hospital inaugurou o novo Centro de Recolha Oficial Animal

O Município de Oliveira do Hospital inaugurou, no dia 9 de janeiro, o novo Centro de Recolha Oficial Animal, equipamento para acolhimento, promoção do bem-estar e adoção animal e garante da segurança das populações.

Na cerimónia, que teve a presença do secretário de Estado da Conservação da Natureza e Florestas, João Paulo Catarino, o presidente da Câmara Municipal, José Francisco Rolo, destacou as instalações do novo Centro de Recolha Oficial de Animais (CROA) de Oliveira do Hospital, como sendo “do mais modernos que existem na região”.

Este novo equipamento representa um investimento na ordem dos 140 mil euros, tendo sido financiado pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), num montante de, aproximadamente 37 mil euros.

Conforme frisou José Francisco Rolo, o CROA “é uma peça que se encaixa num projeto maior de valorização e de ordenamento da Zona Industrial da cidade”, uma vez que está igualmente em curso a requalificação do espaço da zona envolvente aos Estaleiros Municipais.

O espaço do CROA de Oliveira do Hospital foi inaugurado já com a lotação esgotada. Realidade que para o presidente do Município de Oliveira do Hospital “é o resultado do trabalho permanente e valioso desenvolvido pelos seus profissionais” no acolhimento de animais retirados das ruas.

“Resulta da opção pelo controlo da população animal e também da opção pela defesa de uma política de bem-estar dos animais e de promoção da saúde pública e da diminuição de riscos e de promoção da segurança dos cidadãos”, sublinha José Francisco Rolo.

Para o presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital e deputado da Assembleia da República, José Carlos Alexandrino, o CROA em Oliveira do Hospital “é um sonho realizado do antigo executivo” que liderou.

José Carlos Alexandrino recorda que, num passado recente, Oliveira do Hospital não tinha sequer uma estrutura que permitisse a recolha de animais, chegando este trabalho a ser realizado por encarregados e funcionários de obras da Câmara Municipal.

Neste regresso a Oliveira do Hospital, o secretário de Estado da Conservação da Natureza e Florestas, João Paulo Catarino, disse entender a dificuldade de executar projetos em territórios de baixa densidade.

“Inaugurar espaços como este é estar a resolver problemas. Problemas em concreto dos animais de companhia, cuja realidade sofreu um grande impulso quando passou para a tutela do ICNF e, desde então, tem sido possível a criação e a modernização destes espaços municipais”, referiu João Paulo Catarino.

“Nesta área de trabalho só temos sucesso se as pessoas sentirem a paixão para trabalhar com animais”, observou o membro do governo.

Na inauguração do CROA, além das presenças do executivo da Câmara Municipal, estiveram presentes, o vice-presidente do ICNF, Paulo Salsa, e a diretora regional do ICNF, Fátima Reis.

Também estiveram alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital que integraram o projeto “Pelos de Rua”.

O CROA de Oliveira do Hospital tem as instalações sediadas na Zona Industrial de Oliveira do Hospital, junto dos Serviços Municipais. Em 2023, acolheu 213 animais, canídeos e felinos, dos quais 126 foram adotados. Foram ainda realizadas pelos serviços 186 esterilizações de animais.

Com o Município e as escolas têm sido desenvolvido campanhas de promoção de voluntariado e de adoção responsável de animais de companhia, através da dinamização de Cãominhadas, Open Day’s e a participação em diversas atividades de promoção da adoção responsável em certames no concelho.

O espaço está aberto de segunda a sexta-feira, das 14h30 às 16h30. Os interessados devem contactar os serviços: 238 090 039 ou canil.municipal@cm-oliveiradohospital.pt