Festa do Animal reúne centenas de pessoas no Seixal

Adultos, crianças e animais de estimação encheram este fim de semana o Parque Municipal do Serrado, na Amora, para a 4.ª edição da Festa do Bem-Estar Animal.

O evento, organizado pela Câmara Municipal do Seixal no âmbito do Dia Mundial do Animal, incluiu demonstrações de agility, cães e viaturas da GNR e PSP, caricaturas e insufláveis.

Foram dois dias de diversão, num evento organizado pela Câmara Municipal do Seixal e que teve como objetivo sensibilizar para temas relacionados com as responsabilidades sociais e legais no bem-estar e saúde dos animais. A festa teve também como função alertar para temáticas como a adoção responsável e o papel dos animais de companhia na nossa sociedade.

Realizada no âmbito do Dia Mundial do Animal, que se comemorou a 4 de outubro, esta iniciativa incluiu atividades para pessoas de todas as idades.

Os visitantes tiveram a oportunidade de assistir a demonstrações de agility (treino canino), por parte da HousePet – Centro de Instrução Canina.

Conhecer o trabalho de várias associações e entidades do concelho do Seixal que lidam com animais de companhia e de saber que animais estão disponíveis para adoção no CROACS – Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia do Seixal.

As crianças puderam dar um passeio nos cavalos da GNR, interagir com os cães da PSP e da GNR e entrar nas viaturas das forças de segurança. Os mais novos tiveram também à sua disposição insufláveis e pinturas faciais.

Esta festa contou ainda com a presença de um caricaturista, que fez a delícia dos visitantes ao desenhar os animais e respetivos donos.

Através do seu stand, a Câmara Municipal do Seixal deu a conhecer o trabalho realizado em prol do bem-estar animal no município e iniciativas de sensibilização para o não abandono, adoção animal e prevenção de deposição dos dejetos caninos em espaços públicos.

O bem-estar animal é uma das prioridades da Câmara do Seixal, que tem vindo a desenvolver várias iniciativas de defesa e apoio à causa animal, nomeadamente com a política de não abate de animais por sobrelotação, uma medida que está em vigor no município há mais de 15 anos.

A autarquia promoveu ainda a instalação de abrigos de gatos, a adoção responsável de animais e o programa Capturar-Esterilizar-Devolver (CED), que permite o controlo de colónias de gatos e redução das populações felinas silvestres.

EnglishFrenchPortugueseSpanish