Qual o papel do Médico Veterinário no combate às Zoonoses?

Hoje celebra-se o Dia Mundial das Zoonoses e a Ordem dos Médicos Veterinários assinala esta data e reforça a importância do Médico Veterinário no combate às doenças transmitidas entre animais e seres humanos.

O dia 6 de julho foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para relembrar o combate às zoonoses dado que nesta data, em 1885, o cientista francês Louis Pasteur administrou pela primeira vez, com sucesso, a vacina antirrábica, por ele desenvolvida, numa pessoa mordida por um cão com raiva.

As zoonoses são doenças infeciosas naturalmente transmissíveis de animais para os seres humanos.

De acordo com a OMS, existem atualmente mais de 200 tipos de zoonoses, cerca de 60% das doenças infeciosas humanas têm a sua origem em animais e 75% das novas doenças que infetaram os seres humanos nas últimas décadas têm origem nos animais, segundo a OMS.

LER TAMBÉM: O QUE SÃO ZOONOSES? QUAL É O SEU IMPACTO NA SAÚDE HUMANA?

Em Portugal, diversas doenças dos humanos têm origem nos animais ou são partilhadas com estes. Para além das zoonoses mais clássicas, como a brucelose, a tuberculose e a raiva, que não deixam de causar preocupação, destacamos a campylobacteriose, a colibaciolose, a salmonelose, a leptospirose, a Febre da Carraça e a Gripe das Aves, entre muitas outras.

Algumas mais recentes, como a varíola dos macacos e mesmo a covid-19, vieram reforçar a ideia da necessidade de se cuidar de Uma Só Saúde.

A estreita interação entre as pessoas e os animais, bem como o aumento da atividade comercial, o desenvolvimento da mobilidade, o progressivo envelhecimento da população mundial, as alterações climáticas e a poluição, estão entre os fatores potenciadores das doenças que passam constantemente do reino animal para os seres humanos.

LER TAMBÉM: COMO PREVENIR A TRANSMISSÃO DE ZOONOSES?

Jorge Cid, Bastonário da OMV, refere: “É cada vez mais comum encontrar doenças que migram de uma espécie hospedeira para outra e que se disseminam entre a população humana. O Médico Veterinário é um dos atores mais importantes na prevenção e no combate a estas doenças, assegurando a saúde da população humana e animal. O seu trabalho é fundamental para o sucesso das ações desenvolvidas no conceito One Health, que integra a saúde humana, animal e ambiental, para melhorar a qualidade de vida de todos”.

“As zoonoses geram impacto não apenas na saúde pública, mas também a nível económico. A procura de soluções para estes problemas, dada a sua complexidade, implica uma abordagem de cooperação entre profissionais de saúde, governo e outros stakeholders e exige a contribuição, intervenção e colaboração de equipas profissionais dos setores da saúde humana, animal e ambiental”, destaca ainda Jorge Cid.

Por: Ordem dos Médicos Veterinários

EnglishFrenchPortugueseSpanish