O que é a Atrofia Progressiva da Retina?

A Atrofia Progressiva da Retina (PRA) é uma doença hereditária que causa degeneração progressiva da retina e cegueira irreversível, e que se instala ao longo de um período de vários meses a anos, dependendo da mutação associada.

Até ao momento já foram identificadas mais de 20 mutações que, embora possam ocorrer em praticamente todas as raças, são mais frequentes no Retriever do Labrador, Cocker Spaniel e Caniche Miniatura e Toy.

O diagnóstico é estabelecido por deteção de sinais de degeneração da retina ao exame oftalmológico.

Atualmente, não existe nenhum tratamento eficaz para a PRA, mas a maioria dos animais, em especial naqueles em que a doença se desenvolve mais lentamente, conseguem adaptar-se com alguma facilidade à cegueira.

Existem testes genéticos para identificação de diferentes mutações da PRA em diversas raças, que permitem identificar precocemente animais afetados (os 2 alelos apresentam a mutação) e também animais portadores (com apenas 1 alelo mutante).

Estes testes assumem grande importância nos animais usados para procriação uma vez que os animais afetados passarão sempre a mutação à descendência, enquanto que nos animais portadores essa probabilidade é de 50%.

Por: Dr. Augusto Silva, Diretor Técnico do Laboratório Veterinário INNO

EnglishFrenchPortugueseSpanish