Projeto de Lei sobre a Proibição das corridas de cães foi chumbado

A Iniciativa Legislativa de Cidadãos sobre a Proibição das corridas de cães em Portugal foi chumbada ontem, 22 de outubro, na Assembleia da República.

A Iniciativa Legislativa de Cidadãos com mais de 21 mil assinaturas e apoio público de diversas figuras públicas foi chumbada pelo PSD (com exceção de 2 deputados), PCP, CDS-PP, Chega e Iniciativa Liberal, com a abstenção do PS (exceto 2 deputados que votaram a favor e 2 contra) e do partido Os Verdes.

Votaram a favor o Bloco de Esquerda, PAN e as deputadas não inscritas Cristina Rodrigues e Joacine Katar Moreira.

O Projeto de Lei n.º 581/XIV/2.ª (Cidadãos) define como corridas de cães “todos os eventos que envolvam a instigação à corrida, por via de isco vivo ou morto (recorrentemente lebres), ou mesmo sem isco, de animais da família Canidae em pistas, amadoras ou profissionais, instalações, terrenos ou outros tipos de espaço, públicos ou privados, com fins competitivos e/ou recreativos”.

De acordo com este documento, em Portugal estão identificadas 6 pistas amadoras, onde são promovidas corridas de cães num campeonato nacional.

EnglishFrenchPortugueseSpanish