Madeira | Câmara de Santa Cruz amplia e melhora Centro de Recolha Animal

A Câmara Municipal de Santa Cruz vai iniciar, em 2021, obras de ampliação e melhoramento do Centro de Recolha Animal. O anúncio foi feito durante uma visita de trabalho ao local.

As novas obras vão criar:
– uma zona de recolha para cães e outra para cadelas com crias;
– uma zona para colónia de gatos;
– uma zona de receção de visitas;
– uma zona destinada a consultório interno;
– uma zona destinada a recobro (Enfermaria);
– um necrotério/morgue (recolha de cadáveres);
– mais 3 parques vedados para os cães correrem e brincarem;
– jaulas de quarentena;
– aumentar o atual armazém para a guarda das rações, material de captura e material de limpeza.

Será ainda criado um novo gatil, separado do “canil”, cumprindo as regras de bem-estar animal, sendo que o atual gatil está a ser utilizado para os cães/cadelas bebés.

As obras a fazer, incluem também a construção de uma zona de balneários para os funcionários e outra zona de estar/lazer.

Refira-se que o bem estar animal é um obrigação legal que as autarquias têm de cumprir, sendo que o concelho de Santa Cruz foi pioneiro em ter o primeiro CRO – Centro de Recolha Oficial de animais errantes/abandonados na Ilha da Madeira e está a trabalhar para a obtenção do respetivo licenciamento pela Direção de Serviços de Agricultura e Veterinária.

Para que a população em geral tenha a noção do imenso trabalho que é feito pelo CRO, e os dados emanados pelo Gabinete Médico-Veterinário da Câmara Municipal de Santa Cruz, dão conta de que já foram adotados 158 animais, foram realizadas 15 cirurgias, 367 esterilizações.

Foram recolhidos 198 animais, registadas e esterilizadas 73 colónias, microchipados 51 animais, vacinados 305, desparasitados 224, além de 271 famílias ajudadas com ração e 10 com medicamentos para animais doentes.

Tudo isto sem contabilizar as vacina, que ronda as 445.

O CRO agradece as doações feitas por empresas e/ou por pessoas singulares que têm contribuído para o bem-estar dos animais e por conseguinte poupado dinheiro aos Munícipes.

De salientar, ainda, que o Gabinete Médico-Veterinário, para além das vistorias diversas que faz, realizou várias campanhas de vacinação com todas as Juntas de Freguesia.

Para finalizar, o Gabinete Médico-Veterinário está a criar um Programa de voluntariado para o CRO, com regras muito objetivas e claras.

EnglishFrenchPortugueseSpanish