OMV repudia conteúdo de aula de Cidadania e Desenvolvimento do 3º Ciclo sobre bem-estar animal

A Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) censura o Ministério da Educação, responsável pelo conteúdo programático da aula de Cidadania e Desenvolvimento, do 3º ciclo (do 3º ao 9º ano), transmitida no dia 23 de novembro, através da RTP, no programa “Estudo em Casa”, considerando que se trata de um acto de difamação e de atentado à imagem e à dignidade do Médico Veterinário.

A OMV condena veementemente o enfoque do programa na divulgação de um texto de 2005 sobre os animais em canis municipais intitulado “Fim da Linha”, que de forma descontextualizada, denigre o importante papel desempenhado pelos médicos veterinários na proteção dos direitos dos animais, e no seu reconhecimento como seres sensíveis pelo Tratado de Lisboa.

De uma forma sensacionalista, descreve a prática de actos de crueldade chegando a insinuar a sua generalização nos municípios portugueses e Centros de Recolha Oficiais.

Consideramos que a educação dos nossos jovens não se faz com pérfidas e infundadas acusações, com mau jornalismo ou com calúnias, mas com a apresentação de factos.

Recorde-se que desde 2016, cabe ao Estado português assegurar “a integração de preocupações com o bem-estar animal no âmbito da Educação Ambiental, desde o 1.º Ciclo do Ensino Básico”, conforme ficou estabelecido no n.º 1 do artigo 2.º do Decreto-Lei n.º 27/2016, de 23 de agosto.

EnglishFrenchPortugueseSpanish