Dryland Mushing Ota

No passado dia 26 de janeiro juntaram-se no Centro de Formação Militar e Técnico da Força Aérea mais de 60 participantes e os seus amigos de quatro patas. Desta vez não estavam a tentar entrar para a tropa, mas sim voltar a trazer as provas de Mushing para Portugal, após 10 anos desde o último evento.

A organização da prova “Dryland Mushing Ota” esteve a cabo da equipa Bushiway Mushing Team, voltando a juntar numa prova em Portugal as diferentes vertentes do Mushing em terra: Canicross, Scooterjoring, Bikejoring e Kart.

À exceção do Kart, esta modalidade consiste na composição de um binómio onde Homem e cão correm em conjunto e harmonia com um objetivo comum: desfrutar de bons momentos em conjunto e ser cada vez mais rápidos e melhores.

No kart, a vertente que mais se assemelha às longas tiradas do Mushing em trenó, deixamos de ter apenas um cão passando a existir uma equipa de vários cães conduzida pelo cão líder e o seu Musher.

A prova contou com a participação de atletas de vários pontos do nosso país, contando ainda com a presença de atletas espanhóis e escoceses.

Bikejoring
1º Igor João & Mike, de Ourique Desportos Clube
2º Juan Baena & Huella, de Dunhuellas Mushing
3º André Silva & Kiara, de Bushiway Mushing Team

Canicross Masculino
1º Fábio Ferreira & Java, da DirtRunners
2º Ruben Cotrim & Mar, da Cães & Aventura
3º Tiago Silva & Jaguar

As primeiras duas classificadas de Canicross feminino e Eva Munoz, que participou em Scooterjoring.

Canicross Feminino
1º Elisa de La Cruz & Milo, da Bushiway Mushing Team
2º Leonor Rocha & Luka, da Bushiway Mushing Team
3º Cláudia Tavares & Jack

No Kart tivemos a participação de Gabriel Jorge & Nixx and Team (Black Dog Kennel).

No Scooterjoring participou Eva Munoz & Nora (Dunhuellas Mushing).

Mais do que uma competição foi um momento de convívio onde tanto os atletas Humanos como Canídeos puderam desfrutar junto dos seus pares e conhecer novas pessoas, fazer novas amizades e desafiarem-se de forma saudável e controlada. Havendo espaço ainda para contribuir de forma solidária para a Associação Focinhos & Bigodes.

Esperemos que isto tenha sido apenas o início e que de agora em diante se consigam organizar mais provas e encontrar novos apoios para a modalidade.

Nos próximos meses contamos com mais duas provas desta modalidade em Portugal:
– 16 de fevereiro – 1º Mushing Ibérico Vila de Ourique
– 22 de março – 1º Canicross Fonte Grada

Até lá, continuem a treinar e se tiverem alguma dúvida poderão contatar connosco ou algum dos organizadores.

Por: Bushiway Mushing Team

EnglishFrenchPortugueseSpanish