Caráter e temperamento do Husky Siberiano

O Husky Siberiano é uma raça de matilha e de trenó, o que se reflete no teu caráter e temperamento.

Muito inteligente, prioriza a sua sobrevivência e, em segunda estância, tem como marca uma obediência que não é “cega”, pois uma ordem errada pode levar à morte! É um cão que avalia sempre a ordem recebida pelo líder, acatando-a apenas quando lhe convém.

Para o Husky Siberiano o homem nunca é um inimigo. Sendo um péssimo cão de guarda, pois recebe numa fase inicial o estranho com curiosidade, seguindo-se de festividade.

Sendo uma raça primitiva o seu instinto de caça está bem vincado, pois é essencial para a sua sobrevivência na natureza. Animais como lebres, esquilos, galinhas e aves, entre outros, são considerados presas irresistíveis. O seu instinto pode ser contido, mas nunca suprimido.

É importante que, desde cedo, o seu proprietário se faça sentir como líder credível de forma a conseguir ter um companheiro equilibrado.

O Husky Siberiano é um cão dócil, alegre, ternurento, mas acima de tudo muito enérgico. Tal como qualquer outra raça pode ser ensinado com muita persistência e dedicação. Não será considerado um cão de defesa, pois nunca irá atacar o homem.

O conceito de matilha está na base da sua construção mental e, como tal, jamais se dará bem com a solidão. No entanto, consegue-se educar gradualmente a ficar sozinho, apesar de não ser a situação ideal.

Deve ser devidamente exercitado, sob pena de ficar de tal maneira frustrado que isso o leve a roer os móveis, tapetes ou outros objetos, ou até a transformar o jardim em um campo de batalha!

A sua relação com o homem é marcada pela cordialidade e, como tal, não morde nem um desconhecido. É um cão que não terá problemas de agressividade se educado corretamente desde tenra idade.

Facilmente se “atira” a um adulto ou criança simplesmente com o intuito de demonstrar a sua simpatia, embora nem sempre assim seja interpretado na nossa sociedade.

Um Siberiano procura companhia, não faz companhia! Não está à disposição de quem quer brincar com ele, apenas brinca se for a sua vontade.

Texto e fotografias: Yoan Marques e Tânia Amaral, do afixo “Hiyouton”

Clique AQUI para voltar ao artigo principal da raça Husky Siberiano.

EnglishFrenchPortugueseSpanish